… diálogo sobre a imaginação utópica e a aprendizagem pela frustração…

…entre o desejo de provocar um diálogo sobre a importância da imaginação utópica e a aprendizagem  desenvolvido pela frustração.. a proposta de hoje é pensar a experiência do CIDOC (Centro Intercultural de Documentación, 1966-1976) criado por Iván Illich en Cuernavaca, México, que buscou criar uma comunidade de convivência (‘convivencial’)  alternativa ao  ‘american way of life’. Esta comunidade reuniu intelectuais de diversos continentes, entre eles Paulo Freire. O convite é para que pesquisem sobre a temática e sobre os intensos debates que Illich manteve com Paulo Freire sobre sobre educação, escolarização e concientização.

Utopia & frustración16 de julho de 2014.
Fontes:
Iván Illich. Leituras. http://www.ivanillich.org.mx
Iván Illich. http://es.wikipedia.org/wiki/Iván_Illich
Freire e Ilich. Livros. http://www.projetomemoria.art.br/PauloFreire/obras/obras_livros.html

Esse post foi publicado em Pedagogia da virtualidade. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s