…que cada professor elabore com mão própria

Márcia Maria dos Santos Solha

“O mínimo que se exige é que cada professor elabore com mão própria a matéria que ministra. Tal elaboração será uma síntese barata, se for reprodutiva, mas será criativa, se acolher tonalidade própria reconstrutiva”  Pedro Demo

“Autonomia docente não se conquista sem um estilo de ensinar.  Autonomia docente é uma conquista artística com o nosso próprio estilo e personalidade.” Gabriel Perissé

        Utilizando dessas citações, o Prof. Gabriel Perissé, no curso Ética, Valores e Saúde na Escola da Universidade de São Paulo, fala da formação docente que deve estar voltada para três dimensões, conforme ele mesmo apresenta:

“1°Dimensão – Leitura: primeiro lemos, interagimos com o texto da vida.

2°Dimensão – Reflexão: num segundo momento, e simultaneamente, refletimos, pensamos, assimilamos.

3°Dimensão – Autoria: logo na sequência estamos criando, co-criando, produzindo, sendo autores.”

Assim, o Professor deve ser leitor, pensador e autor:

Professor leitor: pois ler é abrir-se para a realidade e, implica, também, ler o mundo. E para os alunos o professor é uma espécie de livro, levando os estudantes a uma abertura de horizontes. Portanto o professor deve adquirir o hábito de leitura, para ler as linhas, entrelinhas, a vida, os alunos. Perissé enfatiza: “A experiência da leitura pode questionar, ampliar, revolucionar, aperfeiçoar nossa visão de mundo. E nos faz criar um sistema pessoal de convicções”.

Professor pensador: é necessário pensar, refletir, questionar, criticar, interpretar, elaborar e dar-se conta da concepção de homem, de mundo, de sociedade, de educação que se tem, necessário para chegar ao sistema pessoal de convicções (SPC).

Professor autor: quando o professor cria um SPC logo ele o expressa. A importância dessa autoria como uma referência, uma orientação para os alunos que se desenvolverem também como autores. Ser autor pressupõe ser protagonista, sujeito do seu processo de aprendizagem e também, na vida, no mundo, buscando respostas, caminhos novos, originais.

A autoria cabe na sala de aula e em todos os espaços possíveis, que podem se tornar pedagógicos, inclusive a web.

Quanto a participação do professor na web Perissé considera:

cabe ao professor educar a web, porque como qualquer âmbito de convivência, há de tudo, e nosso papel como educadores não é só dar a lição de casa, mas viver a nossa própria lição dentro de todos ambientes. Isso nos compromete muito mais. Não somos apenas cumpridores de tarefas, aulistas, temos um papel de liderança na sociedade.

        A criação do blog Pedagogia da Virtualidade vai ao encontro dessas reflexões e segue o principio de autoria proposto e que ocorre no livro Educação em rede: uma visão emancipadora de Margarita Victoria Gomez, nossa professora do Mestrado e Doutorado. Ela indaga, amplia, aprofunda ainda mais essa questão e destaca a importância da web como um espaço de experimentação para compartilhar saberes como um círculo de cultura, só que aberto a todos e disponível em qualquer ponto do planeta, possibilitando assim o acesso e a democratização da cultura, antes privilégio de uma minoria.

Referências Bbibliográficas:

CURSO de Especialização em Ética, valores e saúde na escola. Curso semipresencial USP/EACH – http://evs.usp.br/

GOMEZ, Margarita Victoria. Educação em rede: uma visão emancipadora.São Paulo: Cortez: Instituto Paulo Freire, 2004.  (Guia da escola cidadã v.11)

PERISSE, Gabriel. Etica, valores e saúde na Escola. São Paulo:Universidade de São Paulo- agosto de 2010 a dezembro de 2011.

Esse post foi publicado em Formação de professores. Bookmark o link permanente.

2 respostas para …que cada professor elabore com mão própria

  1. Maria Joseneide Apolinario disse:

    Olá pessoal,
    Márcia, que texto simples e profundo. Ao ler pude vê-la no mesmo!!!
    E nós educadores, a leitura, o pensamento, a autoria. Que exercício dignificante da nossa profissão. Parabéns pela reflexão.
    Parabéns pela iniciativa do Blog.
    Abraços,
    Joseneide.

  2. magalifee disse:

    Leitor pensador é bem humano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s