Paulo Freire: a criatividade e o gosto da aventura do espírito.

paulo freire“A pedagogia que me toca é a pedagogia que escuta, provoca e vive a difícil experiência da liberdade, reconhecendo que há uma distorção, o autoritarismo. Minha opção é por uma pedagogia livre para a liberdade, brigando contra a concepção autoritária de Estado, de sociedade… Há um sinal dos tempos, entre outros, que me assusta: a insistência com que, em nome da democracia, da liberdade e da eficácia, se vem asfixiando a própria liberdade e, por extensão a criatividade e o gosto da aventura do espírito. ”

Paulo Freire – 19 de setembro de 1921- 2 de maio de 1997.

Publicado em Pedagogia da virtualidade | Deixe um comentário

Nice, México, Paris, Síria, Brasil…o planeta Terra continua de luto.

Esta galeria contém 1 foto.

Mariana, Brumadinho… Fonte: site Mulheres que Correm com os Lobos.

Galeria | Deixe um comentário

Bem-vindo(a)!

O propósito deste Blog é vivenciar, experienciar a rede como caminho para a aprendizagem, é gerar um espaço de sensibilização, opiniões, discussão e compartilhamento de textos vinculados aos desafios do educar na contemporaneidade. Considerando as alterações no próprio grupo e … Continuar lendo

Galeria | Deixe um comentário

Comemoração pelo dia do Rádio

WBEm homenagem a Edgard Roquete-Pinto, o dia do rádio se celebra o 25 de setembro. Foi o cientista italiano Guglielmo Marconi quem o patenteou, no início do século 20. E, no dia 7 de setembro de 1922 foi realizada a primeira transmissão radiofônica no Brasil.  Parabéns.

O Livro A hora das crianças: Narrativas radiofônicas de Walter Benjamin aproxima o leitor ao mundo da comunicação, da técnica, da criança, da memória e da educação de uma época. A temática permanece em diálogo com a educação em rede dos tempos atuais. Deixamos aqui como sugestão de leitura o título do livro e a indicação da Radio Migrantes.net para escutar.

IMG_4623

 

 

Você escuta rádio? Pode postar seus comentários !

Referências:

BENJAMIN, Walter. A hora das crianças: Narrativas radiofônicas. Tradução Aldo Medeiros. Rio de Janeiro: NAU, 2015.
Benjamin Radiofonico 
GOMEZ, Margarita V. Nas ondas do radio nas escolas publicas...

Nota | Publicado em por | Deixe um comentário

Educação como ação cultural

Rizoma e educação“A pedagogia que me toca é a pedagogia que escuta, provoca e vive a difícil experiência da liberdade, reconhecendo que há uma distorção, o autoritarismo. Minha opção é por uma pedagogia livre para a liberdade, brigando contra a concepção autoritária de Estado, de sociedade… Há um sinal dos tempos, entre outros, que me assusta: a insistência com que, em nome da democracia, da liberdade e da eficácia, se vem asfixiando a própria liberdade e, por extensão a criatividade e o gosto da aventura do espírito. ”

Paulo Freire – 19 de setembro de 1921- 2 de maio de 1997.

Nota | Publicado em por | Deixe um comentário

Brasil na rede: o acesso à internet

Achernar

“Pesquisa do Cetic.br aponta que metade dos brasileiros da classe DE acessa a Internet”

Acesse a pesquisa TIC Domicílios 2018, na integra, aqui >

Nota | Publicado em por | Deixe um comentário

Redes, cultura e educação

A educação em rede desterritorializa sujeitos, instituições e interações para o virtual com a presença necessária para a aprendizagem que ocorre nas conexões heterogêneas e múltiplas…

Nota | Publicado em por | Deixe um comentário

O Migranto

SAOM3493O migrante, ou em esperanto, o Migranto*, é a expressão da vulnerabilidade e da potência para mudanças possíveis pela sensibilização com a questão da mobilidade humana, especialmente dos refugiados. Nos leva a pensar: educação como arte e arte como educação.  Aqui deixamos o link a modo de convite para que viste o evento realizado:   https://www.facebook.com/missaopazsaopaulo

*Boneco da capa do livro “MigraEducas: vulnerabilidade como potência….O Migranto é um projeto de Bonecos e manifestações de rua, arte emergente e participativa. Performance de Paulo Zeminian.

Nota | Publicado em por | Deixe um comentário

Migração e educação aberta

Apresentação e convite – “Apresenta um conteúdo inédito, trata-se de entrevistas com migrantes, refugiados e acadêmicos que atuam com migração, refúgio e educação presencial e a distância. Pode ser consultado por educadores, sociólogos, cientistas políticos ou das relações internacionais, e todo público interessado e sensibilizado com a temática. O livro apresenta um prefácio, um posfácio e cinco partes relacionadas: Dinâmica do refugio; Acordos internacionais e migração na universidade; Dispositivos acadêmicos para abrir a educação superior; Cátedra Sérgio Vieira de Mello e Educação como migração.”

Link issuu
link Estante virtual> 

Nota | Publicado em por | Deixe um comentário

Seminário Internacional TSE – Fake-news

tse fake news

O impacto das fake news na vida social e política, algumas perspectivas. Confira:

Nota | Publicado em por | Deixe um comentário